20 curiosidades sobre a Coréia do Norte

Completamente do outro lado do globo em relação ao Brasil, a Coréia do Norte é um dos países mais isolados do mundo e vive sob um regime ditatorial comunista.

O país é vizinho do Japão, e comandado por Kim Jong-un desde 2011 e possui uma legislação muito severa, além de um forte controle das informações externas que chegam aos seus habitantes.

Por ser um país tão peculiar é que a Coréia do Norte acaba se tornando o centro de tanta atenção e possuindo tantos fatos curiosos e desconhecidos por muitos.

Então vamos conhecer tudo sobre a Coréia do Norte. Vamos lá? Cuba também sobre o regime comunista vale apena fazer uma leitura sobre as curiosidades da vida em Cuba.

 

Top melhores curiosidades sobre a Coréia do Norte

 

Curiosidades Rápidas:

Capital: Pyongyang
População: 24,9 milhões
Língua: Coreana
Moeda: Won norte-coreano
Líder supremo: Kim Jong-un
Primeiro ministro: Pak Pong-ju

 

20. A Coréia do Norte tem o quarto maior exército do mundo

A Coréia do Norte tem o quarto maior exército do mundo

As Forças Armadas da Coreia do Norte têm um enorme poder de fogo, sendo considero o quarto maior exército do mundo, ele é composto por 1,1 milhão de militares ativos.

 Esses números preocupam seu vizinho Coréia do Sul e até a grande potência militar Estados Unidos.

Os números curiosos sobre o exército Norte Coreano não acabaram, além de terem 5% da população do país no exército, ele dispõe de outros 4,7 homens milhões na reserva, possuem uma quantidade estimada de 7 mil veículos de combate blindados e tanques leves e mais 10 mil peças de artilharias pesadas.

Eai vai arrumar encrenca com o Kim Jong-un? Acho que não né HEHEHE

 

19. A grande idolatria aos ditadores norte-coreanos

A grande idolatria aos ditadores norte-coreanos

Dificilmente um dia você visitara a Coréia do Norte, mas as pessoas que já foram ao país dizem, que mesmo sofrendo um ditadura a mais de 60 anos pela família de kim jong-un, as pessoas idolatram seus líderes.

Algo curiosos é que quando as casas pegam fogo, as primeiras coisas a serem salvas pelo dono da casa é as fotografias dos líderes norte-coreanos. Não há uma revolta no país como podemos ver em outros países com ditadura.

 

18. Eleições com um candidato e risco de fuzilamento

Eleições com um candidato e risco de fuzilamento + curiosidades sobre a Coréia do Norte

Uma curiosidade maluquíssima sobre a Coréia do Norte é que as eleições no país é feita com apenas um candidato e se o eleitor abster-se, ele corre risco de ser fuzilado.

As eleições para govenadores, prefeitos e secretários são extremamente controlada, os candidatos são escolhidos pelo partido dos trabalhadores, o mesmo do presidente Kim Jong-um.

Em 2014 teve eleições presidenciais na Coréia do Norte e o candidato Kim Jong-um recebeu 100% dos votos, sem nenhuma abstenção.

 

17. Os norte-coreanos são obrigado a fazer trabalho voluntário

Os norte-coreanos são obrigado a fazer trabalho voluntário

O título soa um tanto engraçado, mais isso é verdade a população norte-coreana trabalha seis dias na semana e no sétimo dia são obrigados a fazer trabalho voluntário.

Outra fato curioso é que a economia da Coreia do Norte é completamente nacionalizada, o que significa que alimentos, habitação, saúde e educação são oferecidos pelo Estado gratuitamente.

 

16. A Maior e mais alta bandeira estiada do mundo

A Maior bandeira estiada do mundo está na Coréia do Norte

Imagem de baixa qualidade, pois é proibido tirar foto na Coréia do Norte.

A Coréia do Norte construiu em 1953 na cidade de P’anmunjom, uma bandeira com 160 metros de altura e sustenta no seu topo uma bandeira norte-coreana com 30 metros de comprimento.

A bandeira foi construída para marcar presença autoritária do regime comunista, para sua vizinha Coréia do Sul. Ela foi construída bem no local aonde as duas nações assinaram um tratado de paz, para acabar com guerra que durou entre 1950 a 1953.

Construído em 1953 na cidade de P’anmunjom, ele tem 160 metros de altura e sustenta uma bandeira norte-coreana com 30 metros de comprimento, que pode ser avistada da nação vizinha.

A obra provocadora está exatamente no local onde foi assinado o tratado de paz entre os dois países após o conflito que se estendeu de 1950 a 1953.

 

15. A Coréia do Norte praticamente não tem energia

A Coréia do Norte praticamente não tem energia

O pais sofre de uma deficiência de energia alarmante, isso vem de muitos anos o governo não investe em fontes de energia. Acima é possível ver uma fotografia do país a noite, tira pelo satélite da NASA.

Uma das principais fontes de energia do país é a energia nuclear, que se fosse usada corretamente traria energia suficiente para o país, porém os líderes do país preferem usar essa energia para construir armas militares como bombas atômicas.

 

14. O maior estádio do mundo

O maior estádio do mundo Estádio Primeiro de Maio Rungrado

Entre tantas curiosidades malucas sobre a Coréia do Norte, tem uma bacana, está localizado no país o Estádio Primeiro de Maio Rungrado, ele é nada menos que o maior estádio do mundo, nele é possível colocar 150 mil pessoas.

O estádio foi inaugurado em 1989, no dia 1 maio em homenagem ao dia internacional do trabalhador, o estádio tem uma capacidade gigantesca, porém é pouco usado e costuma receber jogos da seleção de futebol.

 

13. A guerra e separação da Coréia

A guerra e separação da Coréia do Norte da Coréia do Sul

Talvez você saiba que existe a Coréia do Norte e a Coréia do Sul, porém nem sempre foi assim entenda esse fato curioso, que levou a grande Coréia ser dividida em duas.

Tudo começou em 1904 com a guerra entre Império Russo (Rússia) e o Império do Japão (Japão), esse guerra foi destinada para a disputa dos territórios da Ásia, aonde ficam as duas Coréias.

Na disputa o Japão conseguiu vencer, e ficou com o domínio colonial da Coréia por 35 anos, até a segunda guerra mundial, aonde o bloco aliado do Japão perderam a guerra e foram forçados, a perder todos territórios conquistados a força.

Nesse momento entra as duas grandes potências União Soviética e Estados Unidos, após o Japão abandonar a Coréia o EUA temia que todo o território fosse ocupado pela União Soviética.

Resumidamente a União Soviética ocupou o território norte do país e o Estados Unidos a parte sul, como uma medida cautelar para estabelecer eleições no pais, porém a influência dos dois países, fez com que começasse uma guerra e separassem o país em dois.

A Coréia do Norte se tornou um país comunista, autoritário e quebrado, já seu vizinho Coréia do Sul tornou se um dos países mais desenvolvido mundo sendo a 13º maior economia do mundo.

 

12. A Coréia do Norte tem um enorme armamento nuclear

A Coréia do Norte tem um enorme armamento nuclear

Algo extremamente preocupante para o mundo, sobre a Coréia do Norte é, suas armas nucleares, desde 1993 o país está fazendo teste de bombas e outros experimentos com urânio enriquecido.

Talvez você deve estar perguntando, por que isso é preocupante para o mundo, simplesmente por que o presidente kim jong-um e seus antecessores, são completamente malucos e pode iniciar uma guerra mundial. Devastando países inteiros com essas bomb.as.

 

11. O fracasso e humilhação da seleção Norte-Coreana

A seleção Norte Coreana de futebol é uma seleção de pouco sucesso, o primeiro e único destaque na copa foi em 1966, copa sediada no país da Inglaterra. Os coreanos chegaram até as quartas de finais, eliminando grandes seleções como Itália.

Um fato curioso sobre a seleção de futebol da Coréia do Norte, é que na copa do mundo de 2010, a seleção classificou-se para a copa, porém a seleção não correspondeu a expectativas de obter um bom desempenho, e foi eliminada na primeira fase.

Até aí tudo normal, porém depois que a seleção e o treinador voltaram para o seu pais, eles foram obrigados subir em um palco no Palácio da Cultura Popular, diante de centenas de pessoas e foram submetidos a seis horas de críticas e humilhações.

Outro destaque da seleção é o jogador Jong Tae-Se, chorando na execução do hino da Coréia do Norte na copa. Veja o vídeo acima.

Veja mais curiosidades sobre a cultura norte coreana na próxima página.

 

 

Ainda não acabou as nossas maiores curiosidades sobre a Coréia do Norte. 

DEIXE UM COMENTÁRIO